sexta-feira, setembro 26, 2014

A arte de Salvar um Casamento



Chamamos de arte tudo aquilo que nos encanta, nos impulsiona e nos faz refletir. Sendo assim, ao lermos a arte de salvar um casamento, constatamos que antes de nos preocuparmos com o que é necessário salvar e apontar um dedo em direção aos defeitos do outro, temos sim que olhar para nosso próprio ser e afirmar com veemência que devemos primeiro salvar a nós mesmos.

Engana-se quem julgue o livro pela capa, antecedendo assim um prelúdio de autoajuda daqueles que você lê, reflete e encosta em algum canto. Pelo contrário, como eu disse anteriormente é como ler um diário semi aberto de nós mesmos na vista do outro. Seja ele um amigo, um parente, um cutucador de facebook ou até mesmo aquele que te completa, ou que você finge que.

A cada página você é remetido a experiências do passado, lançado ao futuro incoerente do:” será”, e posto em pequenas pausas, sentenciado a retirar os olhos por um instante do livro olhar ao seu redor e ver aqueles personagens ali, caminhando junto a você com suas maiores lacunas.

Nunca fui casada, e particularmente tenho medo de. Tenho minhas convicções e sou fiel a elas, bem eu era até me deparar com essa leitura. Mas há lados inquietantes descritos nessa obra, riqueza ímpar de detalhes de nosso cotidiano que o tempo, o azedume e outros pormenores nos cegam e impedem de apreciarmos. Em um momento você está lendo em sua cadeira de camurça esparramada na mesma posição que deixou há certo tempo uma mancha clara e esfoliada de ter sustentado o seu cotovelo, e no outro instante sente-se em uma ladeira daquela cidade histórica que marcou sua infância.

Com uma pitada de humor escarnio, e de personagens dignos de comoção, alusões históricas e leitura ininterrupta, A Arte de Salvar um Casamento nos revela detalhes de atos simples da vida, concessões que ora ou outra necessitamos fazer para que o amor vença a rotina, descobertas de si mesmo e de novas percepções, e nossa vulnerabilidade, afinal não somos seres pré- moldados.

A arte de Salvar um Casamento
Thiago Picchi
Editora: 7 letras

Leia mais matérias de KARY KISS