sexta-feira, outubro 31, 2014

Morre filho de Jô Soares


Nesta sexta-feira (31), morreu Rafael Soares, filho do apresentador Jô Soares. Aos 50 anos, ele tinha autismo em alto grau. 

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do programa, que não revelou a causa da morte.

Presença rara nos eventos, Rafael, marcou presença no lançamento do novo livro do pai, “As esganadas”, na Academia Brasileira de Letras.

Jô Soares contou que foi o filho, Rafael, nascido em 1964, quem o inspirou para a montagem da peça “Três Dias de Chuva”, que esteve em cartaz em São Paulo. Em entrevista Jô Soares diz que ele tem dificuldades e ao mesmo tempo capacidades excepcionais.

O apresentador, que dirigiu o espetáculo, se baseou no próprio cotidiano para dar vida à obra de Richard Greenberg – que trata de conflitos de gerações de uma família.

“Eu tenho um filho autista, com uma série de problemas que se agravam. E isso é uma condição genética. Fica difícil se comunicar com ele”, fazendo referência ao primogênito, fruto de seu relacionamento com a atriz Theresa Austregésilo. (Entrevista realizada há 9 anos)

O apresentador e escritor compara o filho com o personagem de Dustin Hoffman, que fez um autista no filme Rain Man, de 1988. Rafael tocava piano, fazia programa de rádio em casa, falava inglês, e aprendeu a ler sozinho aos 4 anos de idade Rafael possuia uma boa capacidade de comunicação e inteligência, mas tinha dificuldades motoras e vivia em uma espécie de mundo particular.