sexta-feira, novembro 21, 2014

Bate-papo SESC Santos - Pioneirismo e Resistência na luta da Mulher Negra



Bate-papo com a filósofa Djamila Ribeiro dos Santos. Sala 3. SESC Santos

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo - campus Guarulhos (2012). Atualmente é mestranda na Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Filosofia Política, com ênfase em teoria feminista, atuando principalmente nos seguintes temas: , relações raciais e de gênero e feminismo.

Em uma matéria intitulada "Falar em racismo reverso é como acreditar em unicórnios" da Colunista Djamila no site Carta Capital ela diz: "Uma amiga, na infância, uma vez, não deixou que eu e meus irmãos entrássemos na sua festa, apesar de nos ter convidado, porque seu tio não gostava de negros. E nos servia na calçada da casa dela até que, indignados, fomos embora. Alguma pessoa branca já passou por isso exclusivamente por ser branca? ... Não se pode confundir racismo com preconceito e com má educação. É errado xingar alguém, óbvio, ser chamado de palmito é feio e bobo, mas racismo não é. Para haver racismo, deve haver relação de poder, e a população negra não é a que está no poder. Acreditar em racismo reverso é mais um modo de mascarar esse racismo perverso em que vivemos. É a mesma coisa que acreditar em unicórnios, só que acreditar em cavalos com chifres não causa mal algum e não perpetua a desigualdade."

Leia mais matérias de Lell Trevisan

Serviço:

CASA DE CULTURA DA MULHER NEGRAL
SESC Santos ver no mapa compartilhar

22/11SAB
14H ÀS 15H

Para a FOLHA DA CULTURA