segunda-feira, novembro 10, 2014

Rumos Legado Teatro leva ao Itaú Cultural eventos ligados ao fazer teatral


Dica de NANDA ROVERE

Rumos Legado Teatro acontece entre os dias 12 a 16 de novembro (quarta-feira a domingo), com reflexões, avaliações críticas e trocas de experiências, além da encenação das seguintes montagens promovidas pelo Rumos Teatro: Santa Joana dos Matadouros, do Teatro Experimental de Alta Floresta (MT); Experimento: Os Bem-Intencionados, do grupo paulista LUME; e a ainda não-finalizada Joana – Babekan, do Teatro de Narradores.

O objetivo do evento é debater assuntos relacionados ao fazer teatral e levar ao público o testemunho deixado pela única edição do programa Rumos Teatro.

Santa Joana dos Matadouros, de Bertolt Brecht, será apresentada no dia 12 de novembro, às 20h00, em uma edição especial da programação do Itaú Cultural De Vez em Quarta, Teatro. A montagem coloca em cena seis atores que interpretam mais de 30 personagens, entre eles, uma jovem militante que luta contra o monopólio do gado. Vídeo com trecho da peça: https://www.youtube.com/watch?v=3uI5MCxT54I

Experimento: Os Bem-Intencionados, com o grupo Lume, ocupa as noites de quinta-feira e sexta-feira (dias 13 e 14). O público acompanha uma noite na vida dos integrantes de um conjunto musical iniciante; os seus conflitos, dúvidas e acertos. Vídeo com trecho da peça: https://www.youtube.com/watch?v=3uI5MCxT54I

A série de espetáculos termina no sábado (dia 15) com a apresentação inédita, e em processo ainda de ensaios, de Joana – Babekan. Em cena está o Teatro de Narradores, com dramaturgia e direção geral assinadas a quatro mãos por José Fernando de Azevedo e Lucienne Guedes.

A peça Joana – Babekan é inspirada na obra Mãe, de José de Alencar, na qual uma escrava é cativa do filho, que desconhece sua origem, e Noivado em São Domingos, de Heinrich von Kleist, que fala da Revolução Haitiana (1791), discutindo o conflito entre negros e brancos e o papel da mulher. Vídeo com trecho da peça: https://www.youtube.com/watch?v=vflccPJyTD4

Segundo a atriz, encenadora e gestora cultural Maria Tendlau, que assina a curadoria da programação junto com o Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, apesar de ter acontecido apenas uma edição do Rumos Teatro, ela foi fruto de sete anos de compartilhamentos, discussões e trocas estéticas promovidas pelo Próximo Ato – Encontro Internacional de Teatro Contemporâneo, realizado pelo Itaú Cultural. “A partir daí, a ideia foi montar uma programação com a proposta de descobrir como a experiência possibilitada pelo edital impactou os grupos contemplados, seja por meio de procedimentos adotados ou das parcerias estabelecidas desse momento em diante”, observa.

O evento também sedia bate -papos e trocas de experiências Crítica, experiência e reflexão - Cinco encontros, abertos ao público, na Sala Vermelha do Itaú Cultural, marcam as Trocas Críticas, nas quais grupos que trabalharam em parceria no Rumos Teatro fazem pontuações sobre seus trabalhos. A mediação é da curadora Maria Tendlau

Na quinta-feira, às 17h00, o encontro é entre os mineiros do Grupo Espanca! e os paranaenses da Cia Brasileira de Teatro. Na sexta-feira, às 15h00 haverá uma conversa com a participação do grupo pernambucano Magiluth e o Teatro do Concreto, do Distrito Federal. Logo em seguida, às 17h00, encontro entre a Cia PeQuod, do Rio de Janeiro e a Caixa do Elefante, do Rio Grande do Sul. No sábado, às 15h00, a reunião se dá entre LUME e Opovoempé, e no domingo, no mesmo horário, é a vez do Coletivo Angu de Teatro, de Pernambuco, e o Grupo Bagaceira De Teatro, do Ceará.

Nas Trocas de Experiências, divididas em duas mesas, os artistas compartilham suas experiências de circulação, ação cultural, ação pedagógica e parceria com diversos grupos no país. A primeira mesa, Gestão de Encontros e Perspectiva Formativa no Teatro de Grupo, acontece na quinta-feira, às 15h00, com Fernando Yamamoto, da companhia potiguar Clown de Shakespeare, e Márcia Moraes, da paranaense Cia Senhas. No domingo, às 17h00, reúnem-se Grace Passô, Lucienne Guedes e Pedro Villela, diretor artístico do Magiluth, para falarem sobre Experiência Estendida, com mediação do jornalista, crítico e pesquisador do teatro Kil Abreu.

Por fim, as Reflexões Críticas têm como convidados pensadores de teatro, para lançarem um olhar às experiências dos grupos e às criações geradas pelo Rumos. No sábado, às 17h, o teatro no espaço urbano a partir da experiência do ERRO Grupo (SC), da Cia Silenciosa (PR), O Imaginário (RO) e Será o Benedito (RJ) é o tema do debate entre MargieRauen, Ph.D. em dramaturgia e encenação pela Michigan StateUniversity; Michelle Cabral, atriz, palhaça e diretora teatral; e a pesquisadora Ana Carneiro.

No domingo, às 19h, José Fernando Azevedo, fundador, diretor e dramaturgo do Teatro de Narradores, analisa o trabalho da Cia dos Atores (RJ) e Os Fofos Encenam (SP).

Sobre Rumos Teatro e o legado

Principal programa de apoio à produção cultural brasileira do Itaú Cultural e uma das plataformas mais longevas de incentivo do país, ao chegar à sua 16ª edição, em 2013, o Rumos Itaú Cultural passou por mudanças estruturais e de conceito, eliminando, entre outras modificações, a divisão de carteiras por áreas de expressão.

A iniciativa estimulou o instituto a buscar o que os contemplados até aquela edição produziram, com a proposta, segundo Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural, de lançar um olhar sobre estes 16 anos de trajetória do programa. Assim, ao longo de 2014, o instituto vem apresentando um recorte da produção realizada pelos artistas selecionados, em um total de 1.130 projetos em Artes Visuais, Arte e Tecnologia, Cinema e Vídeo, Dança, Educação, Jornalismo Cultural, Literatura, Música, Pesquisa Acadêmica e Teatro.

Em sua única edição realizada em 2010, o Rumos Itaú Cultural Teatro selecionou 24 grupos de diferentes regiões do país, para o desenvolvimento de pesquisa ou estudo comum. Passados quatro anos, a proposta a proposta é avaliar o que foi construído por estas parcerias, seja dentro ou fora dos palcos.

Leia mais matérias de NANDA ROVERE

PROGRAMAÇÃO

Dia 12 de novembro (quarta-feira)
20h

Espetáculo Santa Joana dos Matadouros

Com Teatro Experimental de Alta Floresta (Teaf)
Duração: 105 min
Classificação indicativa: 16 anos
Sala Itaú Cultural (177 lugares)

Dia 13 de novembro (quinta-feira)

- 15h

Trocas de Experiência - mesa Ação Formativa e Cultural

Com Clowns De Shakespeare (RN) e Cia Senha (PR). Mediação: Maria Tendlau
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

- 17h

Mesa Trocas Críticas

Com Espanca! (MG) e Cia Brasileira De Teatro (PR). Mediação: Maria Tendlau
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

- 20h

Espetáculo Experimento: Os Bem-Intencionados
Com Grace Passô e LUME
Duração: 120 min
Classificação Indicativa: 18 anos
Piso 2S (50 lugares)

Dia 14 de novembro (sexta-feira)

15h

Mesa Trocas Críticas
Com Magiluth (PE) e Teatro Do Concreto (DF). Mediação: Maria Tendlau
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

17h

Mesa Trocas Críticas
Com PeQuod (RJ) e Caixa do Elefante (RS). Mediação: Maria Tendlau
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

20h

Espetáculo Experimento: Os Bem-Intencionados
Com Grace Passô e LUME
Duração: 120 min
Classificação Indicativa: 18 anos
Piso 2S (50 lugares)

Dia 15 de novembro (sábado)

15h

Mesa Trocas Críticas
Com LUME (SP) E Opovoempé (SP). Mediação: Maria Tendlau
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

17h

Reflexões Críticas - mesa Teatro Na Rua, Teatro Na Cidade
Com Margarida Gandara Rauen, Ana Maria Pacheco Carneiro e Michelle Cabral. Mediação: Kil Abreu
Sala Vermelha (70 lugares)

20h

Espetáculo Joana – Babekan (em processo)
Com Teatro de Narradores
Duração: 60 min
Classificação Indicativa: 14 anos
Sala Itaú Cultural (177 lugares)

Dia 16 de novembro (domingo)

15h

Mesa Troca Crítica
Com Coletivo Angu De Teatro (PE) e Grupo Bagaceira De Teatro (CE). Mediação: Maria Tendlau
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

17h

Trocas de Experiência - mesa Experiência Estendida
Com Grace Passô, Lucienne Guedes e Pedro Vilela. Mediação: Kil Abreu
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

19h

Reflexões Críticas - mesa Direção em Processo no Teatro De Grupo na Cia. Dos Atores (RJ) e na Cia Fofos Encenam (SP)
Com José Fernando de Azevedo
Duração: 90 minutos
Sala Vermelha (70 lugares)

Leia mais matérias de NANDA ROVERE

Serviço

Rumos Legado Teatro
De 12 a 16 de novembro de 2014

Entrada franca (ingressos distribuídos com 30 minutos de antecedência)

Estacionamento com manobrista: R$ 14 uma hora; R$ 6 a segunda hora;

e mais R$ 4 p/ hora adicional

Estacionamento gratuito para bicicletas

Acesso para deficientes físicos

Ar condicionado

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1776/1777

atendimento@itaucultural.org.br

www.itaucultural.org.br

www.twitter.com/itaucultural

www.facebook.com/itaucultural

www.youtube.com/itaucultural

www.flickr.com/itaucultural