sexta-feira, dezembro 12, 2014

Enquanto Houver Encanto


Espetáculo mudo com o mágico Ricardo Malerbi, encerra temporada no Teatro Alfa domingo, 14.

Dica de NANDA ROVERE

A encenação teatral une ilusionismo e mímica para aguçar a curiosidade de crianças e adultos.

São 50 efeitos visuais com uma narrativa gestual que conta a história de um viajante que pousa num planeta misterioso. Ele interage com o mundo e encontra encanto no que há de mais simples.

Destaque para a dança de focos de luz, os quais estão apoiados magicamente nas mãos vazias ou mesmo levitando no ar. Além disso, o público verá bolas de todos os tipo, jogos desastrados e uma misteriosa manifestação de mão humana com vontade própria.

O cenário traz galhos de árvores que são resignificados por meio da mágica. A trilha sonora, assinada por Fábio Del Mazza, conta com o canções étnicas e chorinho. Já o figurino, de Francisco Macchione, tem um ar sóbrio e ao mesmo tempo divertido.

“O público vai assistir um espetáculo delicado e sair com vontade de brincar, tenha a idade que tiver”, afirma o mágico Ricardo Malerbi, que encenou a montagem pela primeira vez em 2009, também no Teatro Alfa.

Sobre o Grupo Fundo Falso

O Grupo Fundo Falso surgiu em 2008 a partir da investigação cênica do diálogo entre a mágica e as demais modalidades artísticas, quando ainda conhecido como Experiências Mágicas e se apresentava com o grupo Oculto do Aparente. Seu primeiro espetáculo, Enquanto Houver Encanto, está ativo desde a estreia no Teatro Alfa, em 2009, e já foi apresentado para mais de 30 mil pessoas. Em 2010, o grupo levou ao público sua segunda montagem, Uma Série de Surpresas, cujo mote é o diálogo da mágica com o improviso cênico. Em 2011, em parceria com Pedro Granato e Celio Amino, veio o terceiro: O Grande Mágico Mistério, com dramaturgia teatral em sintonia com a mágica. Já no ano de

2012, criou o espetáculo Circo Salabim, com Du Pinheiro, Renato Paio e Angelo Mundy, explorando a faceta tipicamente circense da mágica. Atualmente, trabalha na montagem de O Mágico de Ôvonók, em parceria com Ulisses Loddy e realização do projeto Alfa Criança 2015. Para o próximo ano, o Grupo Fundo Falso mantém parceria com Pedro Granato para um espetáculo inédito: Paradoxo, que vai misturar audiovisual, teatro e mágica.



Ficha técnica

Grupo Fundo Falso.

Concepção: Ricardo Malerbi.

Direção: Larissa Orlow e Ricardo Malerbi.

Supervisão Mágica: Célio Amino.

Elenco: Ricardo Malerbi.

Cenário: Bruno Storni, Marcelo Diament e Satoru Nakumo.

Adereços: Oculto do Aparente e grupo Fundo Falso.

Figurino: F. Macchioni.

Trilha: Grupo Fundo Falso e Fabio Del Mazza.

Desenho de Luz: Roseli Martinelly.

Preparação Corporal: Grupo Fundo Falso.

Produção Artística: Otávio Dias.

Leia mais matérias de NANDA ROVERE

Serviço

Enquanto Houver Encanto – Grupo Fundo Falso. Temporada: de 06 a 14 de dezembro - sábados e domingos, às 16h no Teatro Alfa – Sala B: Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, São Paulo-SP. Telefone: (11) 5693-4000. Capacidade: 195 lugares. Classificação etária: recomendado para crianças a partir de 3 anos.

Duração: 50 minutos. Ingressos: R$ 15 (crianças) e R$ 30 (adultos) - 50% de desconto para terceira idade, estudantes e aposentados. Grupo Alfa: 50% de desconto funcionários devidamente identificados. Banco Alfa: 20% de desconto para clientes devidamente identificados. Assinantes do teatro Alfa: 10% de desconto. Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, Credicard e MasterCard), de segunda a sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo. Importante: Taxa de serviço de R$ 5,00 por ingresso adquirido para Sala A e R$ 2,00 para Sala B. Call Center Ingresso Rápido: 11 4003-1212.

Como comprar: Pela internet: A compra via internet está sujeita a cobrança de taxa de conveniência e taxa de entrega. Por Telefone: Bilheteria do Teatro Alfa: 11 5693.4000 e 0300 789-3377. Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, Credicard e MasterCard), de segunda a sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo. Importante: Taxa de serviço de R$ 5,00 por ingresso adquirido para Sala A e R$ 2,00 para Sala B. Call Center Ingresso Rápido: 11 4003-1212. Atendimento de segunda a sábado das 9h às 22h e domingos e feriados das 12h às 20h. A compra está sujeita a cobrança de taxa de conveniência e taxa de entrega. Pessoalmente (sem taxa de serviço): Bilheteria do Teatro Alfa: Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, Credicard e MasterCard), cartões de débito (Visa Electron e Redeshop) ou dinheiro, de segunda a sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Em dias de eventos até o início dos mesmos. Realização: Instituto Alfa de Cultura e Cia do Quintal. Apoio Cultural: Banco Alfa, Ministério da Cultura, Sanofi e Tozzini Freire Advogados.

Teatro Alfa – Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722. Fone 11 5693 4000. Site: www.teatroalfa.com.br

Os espetáculos das temporadas infantis também podem ser apresentados durante a semana para alunos de escolas públicas e particulares. O agendamento de espetáculos é feito de acordo com a demanda e com a participação de no mínimo 120 crianças. Caso este número não seja alcançado, a apresentação é realizada para várias escolas na mesma sessão.

Para estimular esse público de maneira educativa e diferenciada, a equipe do Teatro Alfa desenvolve programas e atividades específicas para cada espetáculo. O objetivo desta ação é preparar as crianças para a ida ao teatro, bem como ampliar sua experiência enquanto espectadores:

Alunos - Programa de Espetáculo: pequeno livro interativo que traz propostas de atividades relacionadas aos temas ou às propostas de encenação dos espetáculos. Apresenta também curiosidades sobre as companhias e as peças. Os programas da temporada podem ser colecionados, servindo como guias para as descobertas das crianças sobre o teatro.

Informações e agendamentos: (11) 5693-4015. infantil@teatroalfa.com.br

Sobre o TEATRO ALFA

Projetado e construído de acordo com as mais modernas referências internacionais em casa de espetáculos, o Teatro Alfa foi idealizado para múltiplo uso e equipado com o que há de mais moderno em mecânica cênica, iluminação e sonorização, respeitando os mais rigorosos padrões técnicos internacionais. Inaugurado em abril de 1998, é hoje uma realidade que revoluciona o universo das artes, não só em São Paulo, mas em todo Brasil. Com duas salas, os espaços são versáteis e acomodam todo tipo de espetáculo. O Teatro Alfa acolhe com total adequação espetáculos de dança, óperas, orquestras, música popular, teatro e musicais, além de dispor de ótima infraestrutura para realização de congressos e seminários. Segundo a avaliação de artistas produtores, companhias e do público, o Teatro Alfa supera as expectativas por ser conduzido por uma equipe de alto gabarito, sendo considerado um dos melhores teatros do mundo. Este projeto conta com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura.

Na Sala A, com capacidade para 1118 lugares, a plateia foi projetada para envolver o palco, permitindo sua melhor exploração. De qualquer uma de suas poltronas, dispostas em ângulos calculados por computador, o público tem total conforto e uma visão privilegiada dos espetáculos. O fosso da orquestra tem desenho de forro que facilita a propagação de som para palco e plateia e tem, ainda, painéis reversíveis (absorventes/refletores), que podem ser ajustados de acordo com o espetáculo, a quantidade de músicos e o clima acústico desejados pelo maestro e orquestra. Com área de 70 m2, comporta cerca de 70 músicos, conforme a formação instrumental do espetáculo.

A Sala B, com capacidade para 199 lugares, abriga teatro adulto, infantil e música. Inaugurada por Raul Cortez, por lá já passaram nomes como Marco Nanini, Yamandú Costa, Helena Meirelles (último espetáculo de sua carreira), Nuno Mindelis, Ricardo Herz, Carolina Ferraz, Walderez de Barros, Selton Melo e Angela Dip, entre outros.

Sobre o ACERVO

O que é o Centro de Documentação e Memória (CDM).

O Centro de Documentação e Memória (CDM) do Teatro Alfa é um espaço de estudos, pesquisas, preservação e difusão da informação sobre os espetáculos apresentados no Teatro Alfa desde sua criação, assim como projetos e ações culturais e

educativas. Conta com uma biblioteca em artes do espetáculo, com foco temático em Dança e Teatro Infanto-Juvenil. O CDM oferece consulta pública, livre e gratuita, mediante agendamento. Seu público-alvo constitui-se de pesquisadores e profissionais das artes cênicas, estudantes universitários e de cursos técnicos, mas atende também ao público em geral.

Horário de Atendimento

Para a consulta local ao acervo é necessário agendamento prévio, por e-mail ou telefone.

contatos: e-mail: acervo@teatroalfa.com.br. Tel.: (11) 5693 – 4006 . O CDM é receptivo a críticas e sugestões que colaborem para o aprimoramento dos serviços oferecidos. Fale conosco.

Sobre o Projeto Social – DESCOBRINDO O TEATRO

Este projeto é uma iniciativa do Instituto Alfa de Cultura que visa democratizar o acesso ao teatro aproximando os jovens das artes cênicas e profissões ligadas ao teatro. Os jovens atendidos pertencem a famílias de baixa renda, estudam em escolas públicas ou fazem parte de ONGs que utilizam a arte como instrumento de inserção social. Com 10 módulos anuais e cerca de 4.000 jovens atendidos desde 2003, o projeto amplia, a cada ano, as atividades oferecidas aos participantes. Cada módulo consiste em quatro oficinas, em que os jovens podem vivenciar o processo de montagem e os elementos que integram a realização de um espetáculo. Além disso, eles assistem ao espetáculo Caixa Mágica, que mostra a evolução da técnica teatral através dos tempos, e um espetáculo de dança, música ou teatro, em cartaz na programação do Teatro Alfa naquele período.