quinta-feira, janeiro 08, 2015

CAROS OUVINTES



Dica de NANDA ROVERE

CAROS OUVINTES é uma comédia que fala do começo das telenovelas, visto sob o olhar dos atores que faziam sucesso nas radionovelas.

Na década de 1960, quando os aparelhos de televisão começaram a fazer parte das casas brasileiras, o elenco de uma radionovela está prestes a gravar o último capitulo ao vivo e irá se despedir do público em um palco armado do lado de fora da rádio. Nada sai, no entanto, como era esperado.

Vicente (Marcos Damigo) é o produtor da radionovela que mantém um caso amoroso com a atriz Conceição (Natallia Rodrigues), que é chamada para estrelar uma telenovela. O sonoplasta Eurico (Alex Gruli) e o locutor Wilson (Rodrigo Lopez) fazem de tudo para que o programa seja perfeito, mas as desavenças desencadeadas quando o anúncio de que o patrocinador passará a produzir telenovelas vem à tona, colocam em risco o final da radionovela.

Vespúcio (Alexandre Slaviero), publicitário, quer que o casal romântico da rádio repita a dose na telenovela que seu cliente irá patrocinar. Esse fato desperta o ódio em Péricles Gonçalves (Eduardo Semerjian), um ex-galã, em Ermelinda Penteado (Agnes Zuliani) e na cantora decadente Leonor Praxades (Amanda Acosta), que não quer abandonar o rádio.

O espetáculo é encantador. O elenco faz uma radionovela em cena. A pesquisa histórica é de primeira, a direção de Otávio Martins, que também assina o excelente texto, é primorosa e o elenco, além de carismático, esbanja talento. Alex Gruli, além de interpretar o personagem, opera o som e os efeitos sonoros com competência. Incrível!

Na peça, a história do Brasil não é um pano de fundo, mas quase um personagem, na medida em que a ação acontece num momento em que a violência da ditadura é extrema.

Martins não respeita o ano em que ocorreram os fatos porque eles fala do espírito de uma época. Quando teve a ditadura,por exemplo, a radionovela já não existia…mas é importante frisar: nada que citam ou fazem foi realizado sem pesquisa. Tudo foi cuidado nos mínimos detalhes, como fotos, vitrola, discos; expressões, comportamento e palavras usadas na época.

O esmero da produção é tão grande que o programa é uma revista que nos faz viajar pelo anos de ouro do rádio, na diagramação, nas fotos, na linguagem e no conteúdo.

Leia mais matérias de NANDA ROVERE

Ficha Técnica:

Texto e Direção: Otávio Martins

Elenco:

Marcos Damigo

Natállia Rodrigues

Alexandre Slaviero

Rodrigo Lopes

Eduardo Semerjian

Amanda Acosta

Agnes Zuliani

Alex Gruli

Diretora Assistente: Maria Silvia Siqueira Campos

Assistente de Direção: Marcos Damigo

Desenho de Luz: Wagner Freire

Cenografia: Marco Lima

Música Original: Ricardo Severo

Figurino: Fábio Namatame

Fotografia: Priscila Prade

Direção de Produção: Ed Júlio

Produção Executiva: Gabriel de Souza

Relacionamento Empresarial: Laís Campos

Assessoria de Imagem: Beatriz Cervone

Assessoria de Imprensa: Morente Forte Comunicações

Realização: Baobá Produções Artísticas

Serviço:

CAROS OUVINTES

Teatro das Artes (769 lugares)

Avenida Rebouças, 3970 – Shopping Eldorado – 3º Piso

Informações: 3034-0075

Bilheteria: terças e quartas das 14h às 20h; de quinta a domingo, das 14h até o início do espetáculo. Aceita cartão de débito e crédito. Não aceita cheque.

Vendas: 4003.2330 – www.ingresso.com

Sextas às 21h30 | Sábados às 21h | Domingo às 20h

Ingressos:

Sextas e Domingos – R$ 60 (plateia) | R$ 40 (balcão nobre)

Sábados – R$ 70 (plateia) | R$ 50 (balcão nobre)

Duração: 90 minutos

Recomendação: 12 anos

Gênero: comédia

Reestreia dia 16 de Janeiro de 2015

Temporada: até 15 de Março

Estreou dia 16 de agosto de 2014 no MASP