domingo, abril 26, 2015

A Velha Companhia encena gratuitamente Valéria e os Pássaros na Oficina Oswald de Andrade


Dica de NANDA ROVERE

Valéria e os Pássaros é mais uma produção do grupo de teatro A Velha Companhia, que encenou o excelente Cais ou Da Indiferença das Embarcações de Kiko Marques, o qual encantou o público pela qualidade e poesia. Ingressos gratuitos (retirar senha 1 hora antes).

Nesse novo projeto, segundo informações transmitidas à imprensa, o grupo recebeu o texto do espanhol José Sanchis Sinisterra, que apresenta uma provocação e reflexão sobre a alienação.

Com essa encenação, o grupo pretende tratar da memória, tema já tratado em ¨Cais¨, além de propor um debate sobre liberdade, transformação e amor.

Na trama, Valéria sempre sonhou com uma vida simples. Durante o dia ela trabalha como tradutora e à noite, em sessões mediúnicas, procura seu amor entre os mortos. Isso causa muitos problemas porque quem ela procura não é um morto qualquer.
Assim como na montagem anterior, A Velha Companhia encena um texto com uma estrutura que foge das características tradicionais de uma peça de teatro ( de diálogos): é um monólogo com vozes em off contracenando com a protagonista.

No elenco estão Alejandra Sampaio, Carlos Careqa, Lianna Matheus, Marcelo Diaz, Marco Aurélio Campos, Mauro Schames, Patrícia Gordo, Rose de Oliveira, Valéria Arbex, Walter Portella e Willians Mezzacapa.

Carlos Careqa, que integra o elenco, também é músico e é ele o responsável pela trilha sonora. Merece menção que Zeca Baleiro gravou a canção Beijo de Amor, Beijo de Morte especialmente para Valéria e os Pássaros.

Leia mais matérias de NANDA ROVERE

Ficha Técnica:



Texto: José Sanchis Sinisterra

Tradução: Daniela De Vecchi

Direção: Kiko Marques

Adaptação do texto: Velha Companhia

Trilha sonora original: Carlos Careqa

Arranjos, instrumentos e mixagem: Márcio Nigro

Cenários e figurinos: Chris Aizner

Desenho de luz: Marisa Bentivegna

Treinamento de atores com máscaras balinezas: Fabianna De Mello E Souza

Consultor histórico: Ricardo Cardoso

Iluminação autônoma: Cristina Souto

Adereços e Assistência de cenários e figurinos: Sueliton Martins

Cenotécnico: Mateus Fiorentino Nanci

Fotos: Johnatan Petrassi



Serviço:

Estreia dia 27 de Abril na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Oficina Cultural Oswald de Andrade (50 lugares). Local: Teatro. Rua Três Rios 363 - Bom Retiro.

Informações: (11) 3221-5558. Segundas e Terças às 20h00. Ingressos gratuitos (retirar senha 1 hora antes). Duração: 100 minutos. Recomendado: 12 anos. Temporada: até 21 de Julho